PPN Facebook PPN Twitter PPN Instagram

Diretrizes de tratamento e diagnóstico de PANDAS/PANS

PANDAS PANS Translations

O termo Síndrome Neuropsiquiátrico de Início Agudo Pediátrico (PANS) descreve a apresentação clínica de um subgrupo do Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) de início pediátrico. O PANS pode também ser um subgrupo do Transtorno de Consumo Alimentar Evitativo/Restritivo (ARFID).

O PANS ou o PANDAS deve ser considerado quando sintomas de TOC, restrições alimentares ou tiques têm início subitamente, e são acompanhados de outras alterações emocionais e comportamentais, de urinação frequente, de anomalias motoras e/ou de alterações da capacidade de escrever.

Ligações rápidas:
Declaração de Consenso para Diagnóstico de PANS/PANDAS: www.pandasppn.org/jcap2015
Recomendações de Painel de Peritos para Tratamento de PANS/PANDAS: www.pandasppn.org/jcap2017

Diagnóstico de PANS e PANDAS

O PANS/PANDAS Research Consortium, em conjunto com o NIMH, emitiu uma declaração de consenso relativamente ao diagnóstico de PANS/PANDAS na edição de 2015 do Journal of Child and Adolescent Psychopharmacology. Leia a declaração de consenso em www.pandasppn.org/jcap2015.

Pediatric Acute-onset Neuropsychiatric Syndrome (PANS)

PANS é a abreviatura em inglês de Pediatric Acute-onset Neuropsychiatric Syndrome (Síndrome Neuropsiquiátrico de Início Agudo Pediátrico) e inclui todos os casos de início súbito de TOC e/ou de transtorno alimentar restritivo, acompanhado por pelo menos 2 sintomas coexistentes indicados a seguir. Ao contrário de PANDAS, o PANS não requer uma infeção estreptocócica. Apesar do PANS ser diagnosticado de forma clínica, acredita-se que o síndrome é o resultado de uma resposta imunológica a uma de várias infeções virais ou bacterianas que criam anticorpos autoimunes que afetam o cérebro. As infeções bacterianas ou virais incluem, embora sem carácter limitativo, infeção estreptocócica, pneumonia por Mycoplasma, gripe, infeções do trato respiratório superior, e sinusite. O stress psicossocial também pode exacerbar os sintomas.

Os critérios atuais do PANS são:

  1. Início súbito ou recorrência súbita de TOC ou de transtorno de consumo alimentar restritivo
  2. Sintomas neuropsiquiátricos coexistentes (pelo menos 2) com um início identicamente súbito:
    • angústia de separação e/ou elevada
    • amplificação sensorial ou anomalias motoras (incluindo tiques e disgrafia)
    • regressão comportamental
    • deterioração súbita de desempenho escolar
    • distúrbio de humor (irritabilidade, agressão, e/ou comportamentos antagónicos graves)
    • sintomas urinários
    • sinais somáticos (incluindo distúrbios do sono)
  3. Os sintomas não são melhor explicados por um distúrbio médico ou neurológico conhecido
PANDAS Strep OCD

PANDAS é a abreviatura inglesa de Pediatric Autoimmune Neuropsychiatric Disorders Associated with Streptococcal Infections (Distúrbios Neuropsiquiátricos Autoimunes Pediátricos Associados a Infeções Estreptocócicas). O termo é usado para descrever um subgrupo de crianças e adolescentes que apresentam repentinamente um início súbito de Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) e/ou distúrbios de tiques, após infeção estreptocócica de grupo A como, por exemplo, “faringite estreptocócica”. É geralmente acompanhado por sintomas adicionais também encontrados no PANS.

Os critérios atuais do PANDAS são:

  1. Presença de TOC e/ou tiques, especialmente tiques invulgares, complexos e múltiplos
  2. Exigência etária (sintomas do distúrbio tornam-se evidentes pela primeira vez entre os 3 anos e a puberdade)
  3. Início agudo e percurso episódico (recorrente-remitente)
  4. Associação com infeção estreptocócica do grupo A (GAS)
  5. Associação com anomalias neurológicas, incluindo movimentos acidentais

Tratamento de PANS e PANDAS

O PANS/PANDAS Research Consortium, composto por mais de 30 peritos e o NIMH, publicaram novas recomendações de tratamento para PANS/PANDAS em 2017 no Journal of Child and Adolescent Psychopharmacology. Leia as diretrizes em www.pandasppn.org/jcap2017.

A série de 3 artigos inclui recomendações relativamente a vários tratamentos possíveis, incluindo:

  1. Profilaxia secundária e antimicrobianos
  2. Tratamentos imunomoduladores e anti-inflamatórios, incluindo AINE, esteróides, IVIG e plasmaférese
  3. Gestão de sintomas através de medicações psiquiátricas e TCC

Recursos adicionais

  • National Institute of Mental Health (NIMH): https://goo.gl/FSHNDu
  • PANDAS Physicians Network (PPN): https://www.pandasppn.org/

PANDAS Physicians Network uses a professional translating service for all translated content. If the translated version differs from the English version, the English version will take precedence.